Depois de anos de dependência do álcool, Paul Gascoigne está numa fase melhor da vida e até voltou aos grandes palcos do futebol aos 51 anos.

O antigo internacional inglês foi uma das estrelas do jogo das lendas, de inauguração do novo estádio dos Spurs, entre Tottenham e Inter de Milão, com Mourinho como adjunto dos italianos.

«Gazza», que passou quatro temporadas no Tottenham, foi muito acarinhado pelos 45 mil adeptos no estádio.

Esteve apenas 15 minutos em campo e, no final do encontro, o treinador Gary Mabbut explicou porquê:

«Ele trabalhou muito no treino nas últimas duas ou três semanas e queria muito jogar, mas lesionou-se no aquecimento no tendão de Aquiles. Ainda assim, disse que ia tentar dar meia hora. Após 5 minutos, disse que estava em dificuldades, mas ainda conseguiu mais um bocadinho», disse Mabbut na conferência de imprensa após o jogo.

No final do encontro, Gascoigne recorreu às redes sociais, onde é particularmente ativo, para falar da experiência.

«Foi um regresso emocionante, mas lamento que, depois de ter treinado três meses para este jogo, o meu tendão de Aquiles e o meu calcanhar se tenham magoado e inchado. Estou destroçado. Mas agradeço do carinho de todos os envolvidos, sobretudo dos adeptos», escreveu no Twitter.