The GuardianMaisfutebol

A primeira iniciativa surgiu em 2012, ano de Campeonato da Europa, com a Euro2012 Network.

Nessa altura, cada jornal escreveu um guia da seleção do seu país e enviou-o para a rede, recebendo em troca os guias das restantes seleções para publicação.

O Maisfutebol foi o eleito para os conteúdos sobre a seleção portuguesa e respondeu com o dinamismo que lhe é reconhecido, levando essa interação para outro nível, através da troca de artigos com os adversários na fase de grupos do Euro2012: Alemanha, Holanda e Dinamarca.

Dois anos mais tarde, o The Guardian aposta numa lógica semelhante e atinge o seu objetivo: passar de 16 para 32 órgãos de comunicação social, cobrindo todas as seleções que estarão no Mundial do Brasil.

Assim, a partir da próxima semana, os leitores do Maisfutebol e da revista Maisfutebol Total poderão ler os textos apresentados por meios de referência como o portal UOL (Brasil), France Football (França), Corrierre Della Sera (Itália), De Telegraaf (Holanda), 11 Freunde (Alemanha) ou a espanhola Panenka.

Por outro lado, a apresentação de Portugal será publicada em todo o mundo com a nossa marca. Um orgulho, uma responsabilidade acrescida e um sinal de reconhecimento.

Temos o prazer de apresentar esta iniciativa numa altura em que o CNID (Associação dos Jornalistas de Desporto) distinguiu o Maisfutebol com o prémio de jornal online do ano.