AS

Para o jovem médio, o resultado da primeira mão dos quartos-de-final, apesar de satisfatório, não garante nada caso o Barça vá a «dormir» ao Arena de Munique. «Não nos fiamos, ainda faltam noventa minutos. Temos experiência de ir a outros campos em eliminatórias e passarem-nos por cima. O resultado com o Bayern foi perfeito, o jogo também, desfrutamos, mas temos que ir a Munique ganhar», lembrou o médio blaugrana, colocando alguma água na fervura.

Mesmo depois da «tortura» imposta à equipa da Baviera, Xavi assume uma ambição sem limites, também mérito do seu mentor, Pep Guardiola. «Foi fantástico, mas é possível melhorar. É sempre. A mentalidade da equipa este ano é extraordinária e faz-nos ganhar mais jogos, mas não há segredos no futebol deste Barcelona», confidenciou o médio catalão.