«Damo-nos todos muito bem. O Geraldo recuperou de uma lesão e já vai voltar a jogar no Steaua. O Julinho teve uma evolução fantástica no último ano e sinto um orgulho enorme nele. Sinto, aliás, um orgulho enorme nos meus dois irmãos», diz Bruno Alves ao Maisfutebol.

«Apostei que ia defrontar o F.C. Porto»

«Kléber até é mais completo do que Falcao»

O mais novo, compreensivelmente, merece palavras mais condescendentes. «Não sei o que será melhor para ele agora. Acho que lhe fazia ficar seis meses no plantel principal do Atletico Madrid, a treinar diariamente ao lado de craques, mesmo que não jogue. Sei que ele precisa de jogar. É uma opção complicada.»

Bruno Alves vibrou com a prestação do irmão no Mundial sub-20. «Esteve muito bem. Era fantástico vê-lo como campeão do mundo. Faltou pouco. Ele saltou do Ribeirão, fez bons jogos no Rio Ave e ainda conseguiu entrar numa selecção que estava feita. Tem um mérito brutal em tudo isso.»

São Petersburgo, Bucareste e Madrid com a Póvoa de Varzim no coração.