«Foi tomada esta decisão por não podermos colocar em risco a participação no Mundial. A qualificação não pode estar dependente dos resultados em casa», disse Justino Compeán, presidente da federação mexicana.

Embora não seja oficial, a imprensa mexicana calcula que Eriksson vá receber uma indemnização de aproximadamente cinco milhões de euros. As notícias dão ainda conta de que Javier Aguirre, antigo técnico do At. Madrid, é o principal candidato a um cargo que já ocupou, mas a federação não confirma.

O México está na quarta posição na zona de qualificação da América do Norte, Central e Caraíbas. Em três jogos a equipa «azteca» venceu apenas um, o único disputado em casa.