O treinador tinha deixado o clube viseense no final da temporada passada, para assinar pelo Penafiel, da I Liga.

Entretanto, Chéu saiu dos penafidelenses, mas regressou ao Académico depois da saída de Alex Costa.

O antigo jogador do V. Guimarães deixou a equipa beirã nesta semana.

A saída de Chéu do Académico não foi pacífica, mas o presidente do clube desvalorizou a questão. Citado pela Lusa, disse que «é tempo de olhar para o futuro e trabalhar».

Já o treinador declarou: «Se voltei é porque sempre existiu e continua a existir amizade e respeito entre as pessoas. A ligação ao Académico nunca acabou.»