flash interview

José Mota:

«Temos sido uma equipa competitiva, que em vários momentos foi a melhor do campeonato. Tivemos alguma quebra de rendimento e na qualidade de jogo, que é normal, mas, em determinados momentos, senti que não nos deixaram ir mais além. Aconteceram coisas como penalties, enquanto o Leixões continua a ter só uma grande penalidade. É muito fácil marcar contra o Leixões. Penso que reagimos à desvantagem, o Vitória é uma boa equipa, tinha ambições para mais e argumentos para mais, não era esse o nosso objectivo, mas temos dignificado esta camisola. Merecíamos ter vencido, que era o que pretendíamos.»

Manuel Cajuda:

«O Vitória fez um jogo extraordinário, jogou um futebol elegante, que para muitos era impensável há uns meses. Colocou-se na posição de vencedor e depois aconteceu o que todos viram. Mas o que importa foi a dedicação dos jogadores do Vitória, foi a equipa com mais controlo emocional. Quero endereçar ao José Mota e aos Leixões os parabéns pela época fantástica. É importante realçar que fizemos um grande jogo e que o resultado me parece justo.»