Com a ausência do técnico do Chelsea, o contingente português fica reduzido a três: André Villas-Boas (Tottenham), Paulo Fonseca (FC Porto) e Jorge Jesus (Benfica). Os dois primeiros chegaram juntos à sede do organismo, em Nyon, na Suíça. Jesus chegou à parte.

Além de Mourinho, também Fatih Terim (Galatasaray) não está presente.

Manuel Pellegrini (Manchester City), Carlo Ancelotti (Real Madrid), Arsène Wenger (Arsenal), Laurent Blanc (PSG), Antonio Conte (Juventus) e Mircea Lucescu (Shakhtar), Jens Keller (Schalke), Murat Yakin (Basileia), Vladimir Petkovic (Lazio), Kurban Berdyev (Rubin Kazan), Rafa Benítez (Nápoles), Neil Lennon (Celtic) e Miroslav Djukic (Valência) são os outros treinador presentes no certame.

O encontro tem previstas duas sessões, uma hoje e outra amanhã.