«Quase acertava no banco do F.C. Porto? Não. Ainda para mais chutei com o pé esquerdo. Se já nem no pé direito tenho força, quanto mais no esquerdo», sorriu. «Além disso a garrafa está boa. Não partiu nem nada.»