Il Capitano

«Quantas mais partidas consecutivas ganhamos, mais nos aproximamos da derrota ou do empate. Desde que acabou o encontro com o Atlético que pensamos na Liga dos Campeões, no Real Madrid não há tempo para lamentarmos nada», começou por dizer o companheiro de Pepe no centro da defesa blanca.

Cannavaro não ficou convencido com o resultado do primeiro jogo frente aos reds e deixa o mote para dar a volta à eliminatória. «Eles (Liverpool) não fizeram quase nada para ganhar ao Real no Bernabéu. Nós teremos que ir a Anfield com muita paciência, porque se fizemos um golo obrigaremos o Liverpool a jogar. Se quiserem vencer, vão de ter arriscar e poderemos aproveitar. A chave é jogar pelas alas, abrir muito o jogo, procurar o um-contra-um. Robben, Sneidjer, Marcelo serão importantes, como todos. Precisaremos de toda a equipa muito bem, porque não temos jogadores com a qualidade de Messi ou Ronaldo» afirmou o número 5 madrileño.

Depois, Cannavaro apontou o ponto forte do Real Madrid: «Bolas paradas. Como demonstraram no Bernabéu, eles deixam jogar, dão-te a bola. E num livre fazem golo. Mas o Liverpool não é melhor equipa que o Real. É um conjunto forte, sólido, é um grupo construído, mas não é mais forte que nós.»

Por fim, quando questionado qual a promessa que faria se ganhasse ao Liverpool, o defesa italiano pensou um pouco e respondeu: «Voltaria a deixar crescer o cabelo.»