O regulamento da competição define que o valor do prémios é fixado anualmente pela Liga e calculado «em função do montante das receitas líquidas provenientes dos direitos de exploração comercial e publicitária da competição e do montante correspondente a 30% das receitas líquidas dos direitos de transmissão televisiva dos jogos da competição». Ainda que as contas só sejam encerradas na segunda-feira, fonte da Liga disse à Lusa que as verbas totais deverão rondar os 3,3 milhões de euros, tal como na época passada.

A seguir aos «grandes» de Lisboa, os clubes que mais ganham são F.C. Porto e V. Guimarães, ambos semifinalistas. E na quinta posição surge, curiosamente, o Olhanense. O clube orientado por Jorge Costa foi o único da II Liga a atingir a última fase da competição e foi somando prémios de classificação desde o início desta edição da prova.