Com este resultado, e no final da 29ª jornada, o B. Monchengladbach pode mesmo ficar nove pontos dos lugares de permanência, no caso de Eintracht Frankfurt, Borussia Dortmund, Alemannia Aachen e Bochum ganharem os respectivos jogos. Não é credível, mas é um possível. Certo é que para já continua a seis pontos da linha de água.

Já o Hamburgo, que estava um ponto apenas acima da linha de água, ganhou um novo fôlego na luta pela permanência. A vitória no terreno de um adversário directo permitiu-lhe trepar na tabela e ficar cinco pontos acima da linha de água. A equipa continua assim a recuperação encetada desde que Huub Stevens substituiu Thomas Doll.

Guerrero e Mahdavikia entram em campo para fabricar a vitória

Esta noite foi melhor e venceu com justiça. Sobretudo nos quinze minutos finais, período durante o qual a formação que chegou a ser adversária do F.C. Porto na Liga dos Campeões apertou sobre a baliza do B. Monchengladbach, ameaçou o golo e marcou mesmo, na última jogada do encontro. Passavam três minutos dos noventa. Paolo Guerrero, que entrara segundos antes para o lugar de Olic, marcou da primeira vez que tocou na bola. Respondendo da melhor forma a um cruzamento de Mahdavikia que curiosamente entrara em campo oito minutos antes. As últimas apostas do treinador Huub Stevens resultaram, por isso, na perfeição.

Resultados da 29ª jornada

Esta sexta-feira:

B. Monchengladbach-Hamburgo, 0-1

(Guerrero, 90m)

Sábado:

Arminia Bielefeld-Eintracht Frankfurt

Bochum-Hertha Berlim

Energie Cottbus-Wolfsburg

Mainz-Schalke 04

Nuremberga-Alemannia Aachen

Estugarda-Hannover

Domingo:

Bayern Munich-Bayer Leverkusen

Borussia Dortmund-Werder Bremen