«Deve-se defender a integridade física de todos os jogadores, de todas as equipas. Proteger só os mais talentosos? E os que não são? Partem-se as pernas? Temos de proteger todos», defendeu o técnico leonino, esta sexta-feira, em conferência de imprensa realizada em Alcochete.

A indisponibilidade do avançado brasileiro associada à do médio argentino Lucho Gonzalez não é encarada por Paulo Bento como uma ajuda. «Os problemas dos outros não nos ajudam a resolver os nossos. Somos nós que temos de continuar a lutar pelos nossos objectivos», justificou.