O F.C. Porto fez em Old Trafford, esta terça-feira, uma das melhores exibições de equipas portuguesas na Europa. Nos últimos anos? Sim, seguramente. Mas se o leitor quiser arriscar «de sempre» não sou eu que vou desmenti-lo.

Fernando assinou uma exibição absolutamente notável.

Ronaldo foi o segundo pior português em campo.

Bruno Alves foi o pior de todos. E mesmo assim o F.C. Porto saiu de Inglaterra com boas possibilidades de eliminar o Manchester United.

Dito isto, fica a conclusão: quem está assim, em condições de afastar o campeão europeu, pode aspirar a ganhar a Liga dos Campeões.

Pode nunca o conseguir. Certo. Mas já demonstrou, com todas as letras, que merece estar entre os oito melhores da Europa. E prestigia o futebol português.

P.S.: Só mais uma coisa, para os adeptos do F.C. Porto: da próxima vez que sentirem vontade de criticar Jesualdo, pensem duas vezes. Ou três.