Bosingwa lembra as «três vitórias em três jogos» com Hiddink ao comando dos blues e salienta a «robustez da equipa, que antes parecia faltar, mas agora foi conseguida». «É diferente com o novo treinador, não concedemos golos e temos uma mentalidade ligeiramente diferente», afirma, em declarações no site oficial dos «Blues».

A troca de Scolari por Hiddink não afectou em nada a boa época do português que é, atrás do capitão Lampard, o jogador mais utilizado pelo Chelsea, com 2264 minutos jogados. Série interrompida precisamente na última jornada, por castigo.

O português esteve na bancada contra o Wigan e admitiu dificuldades em ficar de fora «Foi bastante difícil não estar disponível para jogar e ajudar a equipa como normalmente, mas estou muito feliz com a vitória, num jogo difícil e muito importante para nós. A equipa lidou bem com a minha ausência».

O Chelsea está no segundo lugar do campeonato, a sete pontos do Manchester United e joga esta semana em Fratton Park, contra o Portsmouth .