O F.C. Porto foi notificado da decisão nesta quarta-feira e chegou a alimentar a possibilidade de utilização do jogador, face à ausência de soluções para o sector ofensivo. Hulk viajou mesmo no autocarro da equipa, rumo à cidade vila-condense, mas viria a ficar de fora, por imperativos jurídicos.

Hulk sentou-se nas bancadas, algumas filas atrás de Pinto da Costa, entre Vítor Baía e Antero Henrique, homem forte do futebol portista. Por fora, vibrou com os golos de Ruben Micael, Raul Meireles e Guarín, enquanto era congratulado por vários adeptos e notáveis pelo seu regresso aos relvados. O jogador saiu em silêncio, não comentando esta nova decisão.

Jesualdo Ferreira conta com o avançado para a próxima jornada da Liga, frente ao Belenenses. Uma excelente notícia, perante a onda de lesões que afastou todos os extremos do F.C. Porto: Rodriguez, Mariano e Varela. Orlando Sá e Farías regressam agora ao leque de opções.