Chelsea venceu esta quarta-feira o Dínamo Kiev por 2-1Liga dos Campeões

Os Blues, em plena crise de resultados, sobem ao segundo lugar, precisamente por troca com o rival desta noite, e aproximam-se da qualificação para os oitavos de final, a dois jogos do fim.

O primeiro golo foi assinado por Dragovic, na própria baliza, aos 34 minutos. O azar do defesa ucraniano surgiu na sequência de um contra-ataque da equipa de José Mourinho, conduzido na direita por Willian. O internacional brasileiro cruzou, mas surgiu então o desvio de cabeça para as suas redes.

Dragovic emendaria aos 78, depois de uma saída em falso de Begovic, na sequência de um pontapé de canto cedido de forma algo infantil pelo guarda-redes bósnio.

A festa dos visitantes durou apenas cinco minutos, já que Willian acertou um dos seus famosos livres diretos e deu mesmo os três pontos aos londrinos.

Antunes foi titular no conjunto orientado por Sergiy Rebrov e viu o cartão amarelo aos 59 minutos. Miguel Veloso não saiu do banco.