Termina assim a segunda passagem de Jorge Simão pelo Belenenses, ainda mais curta do que a primeira, quando foi adjunto de Mitchell van der Gaag na conquista do título da II Liga.

Desta vez o jovem técnico foi recrutado ao Mafra para substituir Lito Vidigal e comandar o Belenenses nos últimos nove jogos da Liga, acabando por carimbar o apuramento europeu com uma vitória em Barcelos, na última ronda.

Confirmada a saída de Jorge Simão, a entrada de Ricardo Sá Pinto deve ser confirmada em breve. O nome do antigo internacional português é associado ao Belenenses desde a altura em que Lito Vidigal saiu, e agora a contratação vai mesmo avançar.

O Belenenses será o quinto clube de Sá Pinto como treinador principal, depois de Sporting, Estrela Vermelha, OFI Creta e Atromitos.