Pedro Emanuel, treinador do Estoril, comentou desta forma o empate a uma bola no Estádio do Marítimo, na Madeira.

«A ambição foi a que pusemos no jogo de hoje e acho que os jogadores interpretaram fielmente tudo aquilo que nós tínhamos pensado durante a semana. Sabíamos que era um adversário difícil que não perdia em casa desde a quarta jornada, um trabalho fantástico do Daniel [Ramos], mas tínhamos argumentos para chegar aqui e por em campo toda a nossa qualidade e competência e foi o que fizemos hoje. Ao longo do jogo, nos momentos em que tínhamos a bola, sermos acutilantes e ter bola para chegar à baliza do adversário.»

«Conseguimos algumas oportunidades e o Charles foi fazendo uma ou outra defesa, o que foi ajudando. Tivemos sempre um ascendente ao longo do jogo, por isso, chegar ao final com mais um [jogador] e, mesmo antes disso, tínhamos esse ascendente no jogo. Acho que é manifestamente curto aquilo que levamos daqui, mas é um ponto e um ponto é sempre importante, contra um adversário, que tem grande qualidade e que só não conseguimos superar naquilo onde o Marítimo faz toda a diferença, que é nas bolas paradas.»