Olhando a esta distância para esses dois confrontos, Pedro Martins tem três casos clínicos para recuperar. Os centrais Igor Rossi e Márcio Rozário, titulares absolutos neste arranque de temporada, não subiram ao relvado nas últimas sessões da semana, devido a alguma fadiga, sendo sujeitos a um programa de gestão de esforço traçado pelos responsáveis verde-rubros.

A sua utilização dos dois jogadores não deve, contudo, colocar em causa a sua utilização nos próximos compromissos oficiais, até porque é esperado que reintegrem os trabalhos sem limitações já no início da semana.

Noutro sentido, o médio João Luíz debate-se com um entorse no tornozelo esquerdo, situação que merece outro tipo de tratamento. A evolução da condição física do jogador nos próximos dias será decisiva para perceber o ritmo de recuperação do brasileiro e prever o regresso em pleno.