Comunicado:

«O Sporting Clube de Portugal assinala com pesar a morte do antigo internacional português Germano de Figueiredo, um dos grandes defesas centrais da história do futebol nacional.

Germano morreu com 71 anos, vítima de doença prolongada. Ao longo da sua carreira representou o Atlético Clube de Portugal, na primeira e na segunda divisão, e o Sport Lisboa e Benfica. Neste clube sagrou-se bicampeão europeu e foi ainda grande protagonista da final de 1965, em S. Siro, frente ao Inter, onde substituiu Costa Pereira na baliza durante mais de meia hora e não sofreu qualquer golo. Vestiu mais de dez vezes a camisola da selecção nacional e integrou a célebre equipa dos ¿Magriços¿, que em 1966 obteve na Inglaterra o terceiro lugar no Campeonato do Mundo. Despediu-se da equipa nacional nessa competição, frente à Bulgária. Germano de Figueiredo fez grande parte da carreira no Atlético e, depois de vencer uma doença pulmonar, ingressou no Benfica apenas aos 27 anos, em 1960.

O Sporting Clube de Portugal, manifestando o seu pesar pela morte de figura tão relevante no futebol nacional, transmite as suas condolências à família de Germano de Figueiredo, ao Atlético Clube de Portugal e ao Sport Lisboa e Benfica.»