Veja as fotos.

Pode também ver o vídeo aqui.

«Não estava a pensar em nada. Pensava exactamente o que estava a dizer antes: não estava no meu habitat. O meu habitat natural são os estádios e os campos de treino. Os estádios durante o domingo ou o sábado, os campos de treino durante a semana», começa por dizer o técnico.

O português ainda suporta as conferências de imprensa, encarando as conversas com os jornalistas como uma obrigação inerente à profissão. Já participar em programas de variedades, nem tanto. «As conferências de imprensa não fazem parte do meu habitat, mas são uma rotina que se repete todas as semanas. Para o resto, aquele tipo de espectáculo não é a minha paixão e vocês têm razão, não estava no meu lugar», conclui.