«Como é óbvio gostava de estar na Selecção. Espero voltar o mais rápido possível», disse o avançado, antes de analisar as difíceis contas do apuramento: «Ninguém contava, mas enquanto for matematicamente possível, estou certo que os meus colegas tudo vão fazer para conseguir.»

Nuno Gomes respeita as opções de Queiroz, e rejeita qualquer «estatuto especial». «Não tenho de compreender nem deixar de compreender. São opções. Infelizmente não podem estar todos convocados. Sou um jogador que pode ser convocado ou não», disse.

Confrontado com a possibilidade de a equipa das quinas ficar fora do Mundial da África do Sul, Nuno Gomes admite que seria um revés para o desenvolvimento do futebol português: «É sempre benéfico estar nas grandes competições, onde temos estado nos últimos dez anos. Se não formos apurados temos de nos reorganizar o mais rápido possível, para pensar no Europeu (2012).»