De novo na selecção sub-21, Pereirinha reflecte sobre o momento, quando tentou marcar o penalty passando a bola a Rui Pedro, num movimento celebrizado por Johan Cruijjf, mas em que a bola foi interceptada por um jogador de Cabo Verde. «É um assunto passado, foi um erro que cometemos. Fomos chamados à atenção por isso e não é um regresso, porque não deixei de vir», afirmou Pereirinha, citado pela Lusa, acrescentando ter «a noção que foi uma atitude um pouco arriscada».

Quanto à suspensão, o jogador diz que foi «uma opção tomada por superiores da selecção e há que respeitar». «Já passou, agora é continuar a trabalhar e preparar o próximo Torneio de Toulon», prossegue, abordando a prova de França: «Sabemos do passado do torneio mas não vamos falar já em ganhar. Vamos chegar, fazer o melhor possível e se der para ganhar vamos tentar fazê-lo.»

O médio rejeita de resto a ideia de que a selecção seja uma montra individual: «É uma montra, mas não é uma montra de individualidades, só se tivermos êxito como equipa é que temos êxito individualmente.»

Recorde o penalty de Pereirinha clicando no link de vídeo relacionado.