Recorde a lista de convocados para o particular com a China

«Neste momento é isso que penso. Mas ainda faltam dois meses para o Mundial. Estão aqui muitos dos jogadores que merecem todo o capital de confiança da minha parte e da parte dos adeptos portugueses. A esmagadora maioria destes jogadores ajudou Portugal a chegar aqui e merece esse crédito de confiança.»

Queiroz: «Espero por Deco, Pepe e Bosingwa até um certo ponto»

No entanto, e dando a entender que não quer chegar a porta a ninguém, mantendo todos os seleccionáveis motivados para o sonho de estar na África do Sul, Carlos Queiroz diz que haverá sempre espaço para surpresas. «A minha obrigação passa por continuar a observar todos os jogadores e escolher os melhores.»

«O capital de confiança não significa um certificado de garantia. Não seria correcto. Tenho de respeitar as opções que se podem levantar e ser importantes para a Selecção. Repito: neste momento, se fosse o início da fase final, adicionaríamos os que faltam a esta lista. Isso significa que não tenho dúvidas», disse.

Queiroz: «Ruben Micael, Coentrão e Patrício são a base de 2012»

«Mas tenho de respeitar princípios com os jogadores e obrigações com a Selecção. Por isso é necessário ver quem merece estar cá, seguindo um sem número de critérios. Devo uma honestidade e uma abertura de princípios para com o mérito, a honestidade e o respeito por quem não está cá mas podia estar», reforçou.

Queiroz esqueceu-se de um jogador brasileiro... mas pediu desculpa

No fundo Carlos Queiroz sabe que os dezoito que foram chamados para defrontar a China são a base da comitiva para o Mundial. Só não o pode referir porque é necessário mater uma porta aberta a alguma surpresa de última hora. Depois, recorde-se, ainda há Deco, Bosingwa e Pepe, que não defrontam a China por lesão.

Clique na foto para ver o vídeo: