Nélson Ferreira foi titular no Luzern, enquanto João Paiva entrou em campo ao minuto 64. As duas equipas empatam a zero no tempo regulamentar, mas Gajic viria a inagurar a contagem no prolongamento. Contudo, Obradovic empatou para o Sion e adiou a decisão.

Nos castigos máximos, João Paiva foi o primeiro a tentar a sua sorte, mas permitiu a defesa de Beney. Paíto viria a converter a grande penalidade decisiva.