No entanto, segundo adianta a Agência Lusa, o presidente da Entidade Regional de Turismo, Nuno Aires, diz que nunca recebeu um pedido de apoio desde que tomou posse do cargo em Agosto passado. Hermínio Loureiro desmente essa situação.

«Pedimos apoio em 2008, em 2009 e em 2010. A conclusão é que não contámos com nenhuma verba», explicou. O presidente da Liga lamenta a situação e sente-se profundamente apoquentado pela Entidade Regional de Turismo do Algarve não apoiar um evento que conta com «milhões de espectadores».

«Custa-me a compreender que a região de turismo do Algarve não dê um sinal, com muito ou pouco apoio, da importância deste jogo se disputar no Algarve. Esta é a minha última final enquanto presidente da Liga e temo que no próximo ano ela não se realize no Estádio Algarve», indicou o dirigente.

O presidente da Liga diz que irá escrever ao secretário de Estado do Turismo, Bernardo Trindade, «a dar nota dessa falta de apoio». Hermínio Loureiro até recebeu a solicitação de outras regiões de turismo do país, mas preferiu manter a final da Taça da Liga no sul do país.