«Temos de dar o nosso melhor para vencermos o PSG em casa, e depois veremos o que acontece no outro jogo. Damos sempre 200 por cento, independentemente do local onde vai realizar-se a final, mas claro que, sendo em nossa casa, todos sonhamos com isso. É difícil, temos de ser praticamente perfeitos», destacou o guarda-redes no site oficial da UEFA, onde também lamenta as condições atmosféricas que o Benfica encontrou no embate com os gregos na Luz.

O médio sérvio, por seu lado, considera que a última vitória em Bruxelas trouxe uma nova motivação à equipa de Jorge Jesus. «A vitória em Bruxelas foi muito importante, deixou-nos muito contentes. Não foi fácil, mas demos o nosso melhor e jogámos em equipa todo o jogo. Podíamos ter mais pontos nesta altura, mas é futebol. Estamos empatados com o Olympiakos e ainda podemos qualificar-nos, nunca se sabe», destacou o jogador no programa Magazine da Champions.