Heitinga pregou um grande susto: após chocar violentamente com David Navarro, a um minuto do intervalo, o central perdeu os sentidos e caiu inanimado. Aouate, do Maiorca, e Kun Aguero aperceberam-se da situação e chamaram com urgência os médicos. Heitinga saiu de maca e colar cervical, sob o aplauso dos adeptos do Maiorca, e foi directo ao hospital.

Após vários exames e um TAC cerebral, concluiu-se que o central holandês tinha sofrido um traumatismo com comoção e por isso ficou sob vigilância médica nas horas seguintes.

Esta segunda-feira, Heitinga regressou a Madrid junto do chefe do departamento médico do Atleti e mostrou-se bastante optimista com o seu estado. «Creio que amanhã irei na mesma para a selecção», disse o holandês aos jornalistas ainda no aeroporto.

De facto, o optimismo não dá para tanto e Heitinga vai ter que realizar mais exames e ficar de baixa nas próximas semanas.