O espírito de liderança e a experiência do inglês fazem com que Capello requisite a presença do «Spice Boy» na comitiva. O seleccionador de Inglaterra já exprimiu que tem pena por não poder contar com Beckham dentro das quatro linhas, devido à lesão que o fará estar inactivo durante três ou quatro meses, tal como indicou o médico que o operou, mas acredita que a sua presença trará benefícios à selecção.