Rafael Bracalli

O Nacional da Madeira ameaça transformar-se em placa giratória para guarda-redes de classe europeia. Rafael Bracalli chegou à Europa para servir de sombra a Diego Benaglio e teve de esperar pela saída do internacional suíço para o Wolfsburgo. Curiosamente, a equipa que luta pelo título alemão andava pelo Restelo a observar jogadores. O nome de Bracalli ficou certamente registado. Voou aos 20 minutos, depois aos 22 e sobretudo aos 45, em cima do intervalo, para responder a um remate inventado por José Pedro. Fundamental.

Saulo

Com seis golos em onze jogos realizados com a camisola do Belenenses nesta Liga 2008/09, o avançado brasileiro prova que nem sempre o futebol é uma ciência exacta. Parecia não servir para a Naval e motivou alguma apreensão quando foi repescado por Jaime Pacheco, em Janeiro. Actualmente, ninguém imagina o Belenenses sem Saulo a carrilar jogo pelos flancos, com a baliza no horizonte. Maicon não teve pernas para acompanhar o avançado e os adeptos festejaram o sexto golo em meio época de luxo. Não chegou.

João Aurélio

Parecia um tremendo equívoco táctico de Manuel Machado, treinador com propensão para opções pouco expectáveis. João Aurélio andava por ali, entre a posição dez e o lado direito do ataque, enquanto Nenê e Cop procuravam adaptar-se à parceira. O Nacional atacava de forma pouco harmoniosa e o jovem português apresentava-se como primeiro candidato ao sacrifício. E assim, talvez por ninguém dar por ele, que João Aurélio marcou o primeiro golo no escalão principal. Rapidíssimo, antecipou-se a Arroz e Júlio César. Depois, descansou.

Zé Pedro

O destaque de sempre para um artista incontornável num palco de média dimensão. Com a ausência de Silas, a equipa passou a olhar ainda mais para o seu pé esquerdo. O forte vento condicionou o espectáculo e prejudicou os mais virtuosos. Ainda assim, com meia dúzia de passes e um par de pontapés violentes, deixou a sua marca.

Roncatto

Opção de Jaime Pacheco para substituir o castigado Silas. Falhou redondamente. A dada altura, já nem conseguia escapar aos protestos dos adeptos do Belenenses. Há tardes assim.