Com os três golos marcados no Windsor Park, Cristiano Ronaldo bateu a marca dos 41 golos de Eusébio e destacou-se no segundo lugar da lista dos melhores marcadores de todos os tempos, ficando, agora, apenas quatro golos do recordista Pauleta (47 golos).

Não foi por acaso que Cristiano Ronaldo pediu a bola no final do jogo e não a largou mais, apresentado-se, inclusive, na «flash-interview» com a bola na mão.