«Aceitei o convite na hora. O futsal do Sporting tem uma organização muito forte, este projeto é extremamente aliciante e, felizmente, tenho tido a felicidade e a competência de conquistar títulos nos últimos anos», disse o técnico de 40 anos ao site dos leões: «É isso que quero continuar a fazer: vencer. Agora no Sporting, agradecendo com títulos a oportunidade de voltar a vestir esta camisola. O Sporting é o meu clube do coração e como tal era um sonho voltar.»