Gavilán apontou o único golo do encontro, quando faltavam nove minutos para o final. Stojkovic justificou em pleno a confiança depositada pelo técnico Victor Muñoz. O guarda-redes sérvio teve várias intervenções de qualidade, ainda que em alguns momentos tenha sido bafejado pela sorte. Já em período de descontos o Sevilha atirou duas vezes seguidas ao poste. Primeiro Kanouté, e depois Luis Fabiano.

O triunfo em Sevilha é extremamente importante para o Getafe, que assim passa a respirar melhor na fuga à despromoção.

Resultados e marcadores da 30ª jornada:

Sábado:

Barcelona-Huelva, 2-0

(Iniesta, 1m; Morris, 67m, p.b)

Villarreal-Málaga, 0-2

(Duda, 38; Eliseu, 86)

Domingo:

Real Madrid-Valladolid, 2-0

(Raúl, 43m; Robben, 81m)

Maiorca-Almeria, 2-0

(Cléber Santana, 59m; Castro, 90m)

Osasuna-Athletic Bilbau, 2-1

(Masoud, 19m; Sérgio, 80m)(Ocio, 23m)

Numancia-Espanhol, 0-0

Racing Santander-Betis Sevilha, 2-3

(Luccin, 5m; Zigic, 32m)(Edu, 19m; Emaná, 29 e 53m)

Sporting Gijon-Valência, 2-3

(Barral, 32m; Bilic, 70m)(Silva, 18m; Villa, 54m; Mata, 87m)

Sevilha FC-Getafe, 0-1

(Gavilán, 0-1)

Deportivo Corunha-Atlético Madrid, 20h