«Estabelecemos um bom ritmo na primeira mão, entrámos bem no jogo e parecia que ia ser uma bela noite para nós. Depois, o primeiro golo do Chelsea acabou por nos surpreender. Ivanovic surpreendeu toda a gente», reconhece.

Questionado sobre a equipa mais surpreendente na presente edição da Liga dos Campeões, Fábio Aurélio respondeu sem hesitações. «Gosto do que o F.C. Porto está a fazer. Demonstrou frente ao Manchester que é muito perigoso e que não tem medo. Nem todas as equipas podem marcar dois golos em Old Trafford», considera o lateral.