Em declarações após o triunfo sobre o Maccabi Telavive em Israel por 3-1, o central espanhol apontou baterias para o campeonato, prova que fugiu aos azuis e brancos nas últimas duas temporadas.

«Estamos muito orgulhosos do que estamos a fazer na Europa, mas também estamos muito concentrados na Liga, onde temos de dar tudo para ganhar o título este ano», disse aos jornalistas, abordando a diferença pontual de cinco pontos para o Sporting. «Só será um problema se não ganharmos esse jogo em atraso. Mas antes da paragem ainda temos a receção ao V. Setúbal, que é importante», acrescentou.

Após a vitória em Israel, o FC Porto colocou-se matematicamente ao um ponto dos oitavos de final da Liga dos Campeões. O apuramento está quase assegurado, mas o jogador espanhol preferiu focar-se no próximo jogo da competição, em casa frente ao Dínamo Kiev, partida para a qual projectou dificuldades.

«O Dínamo esteve empatado fora de casa até perto do fim do jogo com o Chelsea. Só isso prova que é um adversário de alto nível, com jogadores de muita qualidade. Vai ser difícil», completou.