Mayelikohan foi contratado para reavivar as esperanças de qualificação para o Mundial de 2010. O técnico foi substituir Daei, que foi demitido após a derrota do Irão frente à Arábia Saudita, de José Peseiro, a 28 de Março.

Na terça-feira a equipa voltou a ficar sem seleccionador, já que Mayelikohan se despediu devido a uma confusão que estalou após um jogo entre a sua antiga equipa Saipa e o Esteghlal.

Mehdi Taj, porta-voz da Federação iraniana, explicou a contratação de Qotbi: «Vai treinar a equipa nos seus três últimos jogos de qualificação. Será assistido por um técnico holandês.»

Qotbi passou a maior parte da sua vida nos Estados Unidos, mas diz que primeiro, e sobretudo, é iraniano. O técnico trabalhou com a selecção dos EUA antes de fazer carreira como assistente de vários treinadores holandeses: Hiddink, Advocaat e Pim Verbeek na selecção da Coreia do Sul.