«Queremos muito fazer um bom jogo e mostrar as nossas capacidades. Queremos discutir o jogo e o resultado. É possível chegar ao fim e ganhar. Vamos defrontar o campeão da Europa e do Mundo mas temos ambição e argumentos para colocar em campo», vincou Jesualdo Ferreira, assegurando que o mais importante é o F.C. Porto não perder «a sua identidade».

«Temos o nosso método e é isso que nos orienta. A nossa única preocupação é poder responder ao valor do ManUtd com aquilo que somos capazes de fazer. O jogo vai ter intensidade alta e nós tentaremos ser intensos, sempre com um espírito ofensivo na cabeça.»

Seguir uma regra básica

«Defender bem e depois atacar.» Esta foi mais uma das receitas de Jesualdo Ferreira para o duelo em Old Trafford. Apesar de «básica», como reconheceu o técnico, essa será outra regra a seguir.

«Só conseguiremos inviabilizar o futebol do Manchester United pensando que temos de defender bem para atacar. A minha perspectiva não foge dessa regra básica. Temos processos simples mas eficazes. Lideramos o campeonato, passámos em primeiro lugar na fase de grupos da Liga dos Campeões e estamos aqui para vencer.»

No seguimento deste raciocínio, Jesualdo Ferreira considera que um bom resultado seria «vencer ou empatar com golos». «Nos jogos fora é sempre essa a ambição», completou.