Le Guen relembra que «a situação não é a ideal», pelo que continua a atribuir o favoritismo ao Benfica: «Penso que têm o estatuto de favoritos e não o digo para retirar pressão à minha equipa», referiu o técnico.

Confrontado com o facto de Fernando Santos ter dito que esperava um PSG apostado no contra-ataque, Le Guen foi lacónico: «Vamos fazer os possíveis.»