Marítimo e Sp.Braga encerram a jornada 10 da Liga, num jogo que a equipa de José Peseiro pode aproveitar os pontos que alguém vai perder no Clássico.

A equipa minhota está no segundo lugar, em igualdade pontual com o FC Porto, e quer continuar intrometido entre os «grandes», mas para isso terá de vencer o Marítimo em recuperação,mas ainda muito perto da zona de despromoção. Tem apenas mais dois pontos que o Arouca, primeira equipa abaixo da linha de água, que esta jornada joga em Alvalade praticamente à mesma hora.

No Caldeirão, as duas equipas vão atacar os três pontos em busca da motivação ideal antes de uma pausa para seleções.

Pode acompanhar tudo AO MINUTO no Maisfutebol, diretamente da Madeira, a partir das 20h30 deste domingo.

MOMENTO:

Marítimo: a equipa insular melhorou após a entrada de Daniel Ramos, mas o treinador conheceu o sabor da derrota no comando técnico dos rubro-negros na última jornada em Arouca, após cinco jogos sem perder para todas as competições (quatro vitórias e um empate). Após um mau início de época com PC Gusmão, o Marítimo vai saindo de zonas perigosas e melhorando o seu rendimento. É importante pontuar para respirar melhor.

Sp. Braga: desde a derrota na Luz como Benfica, à 5ª jornada, a equipa de Peseiro somou um empate (em Arouca) e quatro vitórias, aproveitando os desaires do Sporting e do FC Porto para subir na tabela. Vem de três vitórias caseiras, Desp. Chaves, Belenenses e Konyaspor (Liga Europa), o que deixa o plantel minhoto com máxima confiança. Entrará em campo sabendo o resultado do Clássico e se vencer aproveitará para beneficiar dos pontos que pelo menos um irá perder.

AUSÊNCIAS

Marítimo: Alex Soares, Coronas e Mansour; Erden Sen (condicionado); Dyego Sousa (castigado);

Sp. Braga: André Pinto,Velazquez e Hassan; Ricardo Ferreira (condicionado)

DISCURSO DIRETO

Daniel Ramos (Marítimo): «Estamos a trabalhar na procura de complicar os aspetos fortes do Sp. Braga, tentar tirar proveito dos menos fortes e, dessa forma, conseguir dividir o jogo. Temos ambições de vitória e queremos regressar às vitórias»

José Peseiro (Sp. Braga): «O que me interessa é que à hora do clássico estou com a minha equipa, concentrado no jogo e a ultimar umas coisinhas pontuais, porque o importante é vencer o Marítimo, uma tarefa complicada depois de termos jogado para a Liga Europa. Não vale a pena estar a pensar noutra coisa senão no que temos de fazer, na nossa tarefa. Sentimos que o grupo está forte, coeso, mostrou vontade e superação na Liga Europa. E é isso que esperamos, não olhando a mais nada.»

HISTÓRICO DE CONFRONTOS:

São 76 os jogos entre estas duas equipas para todas as competições em toda a história com vantagem para os bracarenses: 33 triunfos dos arsenalistas, 23 empates e 20 vitórias dos insulares. No que ao Caldeirão dos Barreiros diz respeito a estatística é outra, já que o Sp. Braga apenas venceu oito vezes, contra 15 do Marítimo e 13 igualdades.

Olhando apenas para a história mais recente a vantagem da equipa de Peseiro é clara: duas vitórias na época passada. Há duas épocas o Marítimo venceu as duas partidas, mas de 2015 até 2009 não encontrámos mais nenhuma vitória dos insulares e apenas dois empates.

 

EQUIPAS PROVÁVEIS

Marítimo

Outros convocados: Charles, Samuel, Raúl Silva, Ghazaryan, Djoussé, Gevaro, Brito e Jean Cléber;

 Sp. Braga

Outros convocados: Matheus, Djavan, Bakic, Tomás Martinez, Wilson Eduardo, Alan, Pedro Tiba, Benítez, Xeka;