FIGURA: Iago

Assertividade quanto baste, exibição sem mácula e decisiva para o Moreirense. O defesa central brasileiro foi um verdadeiro esteio no setor mais recuado montado por Vítor Campelos, jogou em antecipação e não deu espaço aos adversários. Para além de preponderância na sua área defensiva foi decisivo na área contrária, abrindo o ativo a favor do Moreirense logo aos oito minutos. Competência numa exibição de lés a lés de Iago.

MOMENTO: golo de Iago

Livre de Pedro Nuno na direita, acabando o esférico por se perder para o lado esquerdo. Conté tirou o cruzamento da esquerda, com as medidas certas para Iago fazer o desvio decisivo de cabeça no coração da área. Sem hipóteses para Ricardo Ferreira. Levava selo de golo.

OUTROS DESTAQUES

Filipe Soares

O pensador de jogo do Moreirense, convocado para a seleção sub-21, Filipe Soares tem crescido paulatinamente. Conjuga o critério com a qualidade técnica que o faz executar aquilo que pensa.

Cevallos

O equatoriano foi dos mais esclarecidos da turma de Portimão, tentando ser o elo de ligação que muitas vezes faltou à equipa. Jogo célere e com critério no setor intermediário montado pelo técnico António Folha.

João Aurélio

Fez o corredor direito vezes sem conta. Por fezes faltou definir melhor, mas ainda assim pela vivacidade que conferiu ao lado direito dos Cónegos fez desse corredor um dos focos de maior desestabilização da equipa de Vítor Campelos.

Fábio Pacheco

Importantíssimo a garantir o equilíbrio da equipa do Moreirense. Com uma prestação posicional, como é seu timbre, preencheu o meio campo e deu arcaboiço à equipa. Substituiu o guarda-redes Pasinato e evitou o golo do Portimonense em cima do intervalo.

LEIA TAMBÉM

Todo o noticiário do Moreirense

Todo o noticiário do Portimonense

Todo o noticiário da Liga