Apesar de dizer que se nota «evolução» na sua equipa, o treinador espera dificuldades: «Vamos defrontar um bom adversário, tranquilo na classificação, com um estilo de jogo padronizado. De ponto de vista organizacional o Paços está à frente do Moreirense, mas no futebol há outras coisas que contam. Há a inspiração, o momento, a qualidade, queremos vencer e vamos fazer por isso. Estou consciente de que é um jogo difícil e de grande risco», referiu em conferência de imprensa.

 

Na última jornada o Moreirense empatou no terreno da Académica já no último minuto do encontro. Miguel Leal deseja que esse momento seja positivo para ajudar a equipa a encontrar-se com os triunfos. «Espero que esse momento tenha dado confiança aos meus jogadores e a tranquilidade que eles precisam para ganhar», disse.

 

Um triunfo na receção ao conjunto de Paços de Ferreira até pode tirar o Moreirense da zona de despromoção, em virtude do empate da Académica diante do Estoril no arranque da jornada. O treinador diz estar focado na sua equipa. «Queremos ganhar para sair desta posição, independentemente dos resultados dos adversários».

 

Depois de ter sido contestado no último jogo em casa, na derrota com o V. Setúbal, Miguel Leal espera que os adeptos estejam ao lado da equipa. «Mais importante do que o Miguel Leal é o clube. O que interessa é que o Moreirense fique na primeira divisão. É importante que as pessoas entendam o momento», atirou.

 

O encontro entre o Moreirense e o Paços de Ferreira está agendado para as 16:00 deste domingo no Parque de Jogos Comendador Joaquim de Almeida Freitas.