Confrontado pelos repórteres de pista das rádios, o argentino reconheceu que este «foi um jogo importante, importantíssimo» para o F.C. Porto. Apesar da disponibilidade, não teve autorização para falar mais.

Apesar da derrota frente ao Estrela da Amadora (2-1), a equipa de Jesualdo Ferreira segue em frente. Na zona mista do Estádio José Gomes, nem uma palavra.