Um dia depois do empate do Olympiakos, o PAOK de Abel Ferreira falhou a colagem ao rival, mas o jogo em casa com o Panathinaikos até podia ter corrido bem pior à equipa de Salonica, não fosse Vieirinha, que foi lançado na partida após o intervalo.

Regressado recentemente à competição após uma lesão grave, o campeão europeu por Portugal em 2016 apontou os dois golos do PAOK no empate a dois com a equipa da capital grega, o último deles já em tempo de compensação e na conversão de um penálti.

Ghayas Zahid deu vantagem ao Panathinaikos perto do intervalo, mas Vieirinha igualou aos 65 minutos. Federico Macheda recolocou os visitantes na frente aos 87 minutos, parecendo decidir o jogo, mas o internacional português resgatou um ponto para o PAOK, que segue no segundo lugar da Liga grega a dois pontos do Olympiakos de Pedro Martins.

 

CLASSIFICAÇÃO DA LIGA GREGA

Neste domingo houve mais portugueses a deixarem marca na Grécia. Para além de Lisandro Semedo, que marcou na derrota do OFI, Nélson Oliveira brilhou no triunfo do AEK Atenas por 3-2 na receção ao Atromitos.

Já depois de ter rematado ao poste no primeiro do AEK (bola bateu no corpo do guarda-redes, que fez autogolo), assinou o 2-1 aos 71 minutos depois de roubar a bola ao guardião adversário, e fez ainda o golo da vitória já em tempo de compensação.