A Federação Mexicana de Futebol anunciou que Torre deixou o cargo e será prontamente substituído pelo seu treinador adjunto, Luis Fernando Tena, que levou a seleção mexicana à medalha de ouro no ano passado, no torneio de futebol dos Jogos Olímpicos Londres2012.

Na fase de qualificação da América do Norte, Central e Caraíbas (Concacaf) para o Campeonato do Mundo do Brasil, o México ocupa atualmente o quarto lugar a dois pontos do acesso direto para a fase final da competição, quando faltam ainda disputar três jornadas, num grupo que é liderado pela Costa Rica, seguido dos Estados Unidos e Honduras.

O despedimento de Torres acontece depois do desaire perante as Honduras, num encontro em que o portista Diego Reyes foi titular na equipa mexicana. A última vez que o México não participou na fase final de um Mundial foi em 1990, na prova que se realizou em Itália.

Os três primeiros classificados da Zona Concacaf garantem o apuramento direto, enquanto o quarto classificado disputa um «play-off» com a Nova Zelândia, o vencedor da Zona da Oceânia.