O 21.º Campeonato do Mundo começou com uma goleada histórica da Rússia à Arábia Saudita. Um jogo que serviu para abrir o apetite. Esta sexta-feira há outros três jogos, com o duelo ibérico entre Portugal e Espanha a ser considerado o de maior cartaz.

O primeiro jogo do segundo dia Mundial 2018 será entre Egito e Uruguai, às 13h00, a contar para o grupo A. Um jogo que certamente irá prender o olhar dos adeptos russos, mas não só. Há interesse em ver o regresso de Mo Salah aos relvados, após a lesão sofrida na final da Liga dos Campeões e curiosidade para ver como se apresentará a seleção «charrua» do portista Maxi Pereira e do sportinguista Coates.

Egito-Uruguai (Grupo A)

13h00, SportTV1

Arena de Ekaterinburg, em Yekaterinburg

Árbitro: Bjorn Kuipers (Holanda)

Porventura, o jogo mais apetecível do grupo A. O Egito vai estrear-se no torneio disputado na Rússia com um registo pouco reconfortante nos jogos de preparação: nenhuma vitória em seis encontros. A história em Campeonatos do Mundo também não augura a favor dos egípcios. Em duas participações em Mundiais (1934 e 1990) caíram sempre na fase inaugural e procuram a sua primeira vitória em fases finais.

Pelo contrário, o Uruguai é presença habitual em Mundiais. Prepara-se para a 13.º presença em Campeonatos do Mundo, tendo vencido em duas ocasiões (1930 e 1950).

Em relação ao confronto direto, as duas nações nunca se defrontaram em partidas oficiais. Houve apenas um encontro particular, em 2006. Os «charruas» venceram por 2-0.

Saiba mais sobre Egito e Uruguai

Equipas prováveis:

Egito: Essam El Hadary; Ahmed Elmohamady, Ahmed Hegazi, Ali Gabr , Mohamed Abdel-Shafy; Mohamed Elneny, Tarek Hamed e Ramadan Sahid; Salah, Ramadan Sobhi Mahmoud Abdel-Moneim e Mohsen;

Uruguai: Muslera; Maxi Pereira, Godín, Giménez e Cáceres; Bentancur, Vecino, Torreira e De Arrascaeta; Suárez e Cavani;

Os perfis dos 736 jogadores

Calendário e resultados do Mundial

Marrocos-Irão (Grupo B)

16h00, RTP1 e SportTV1

Estádio de São Petersburgo, São Petersburgo

Árbitro: Cuneyt Çakır (Turquia)

Três horas depois, terá início a partida inaugural do grupo B entre Marrocos e Irão.

Será a sexta participação dos dois países num Campeonato do Mundo. Após vinte anos de ausência, os marroquinos voltam a pisar o maior palco do planeta, enquanto os iranianos, liderados por Queiroz, preparam-se para a segunda participação seguida em Mundiais. Teoricamente, este será um jogo importante nas aspirações das duas nações na passagem à fase a eliminar.

A seleção liderada por Hervé Renard não perde há 18 jogos, somando jogos oficiais e jogos de preparação, e pode ser uma das maiores surpresas desta edição do Mundial. Por sua vez, a preparação dos iranianos ficou marcada por vários problemas, já que várias outras seleções recusaram defrontá-los. Ainda assim, o resultado do Irão no derradeiro teste antes do arranque da competição foi positivo: vitória por 1-0 frente à Lituânia.

As duas seleções apenas mediram forças numa ocasião. Em 2005, nos Jogos Islâmicos, houve um empate a uma bola, acabando Marrocos por sorrir no desempate por grandes penalidades (5-4).

Equipas prováveis:

Marrocos: Munir; Dirar, Benatia, Saiss, Hakimi; Boussoufa, El Ahmadi e Belhanda; Amrabat, Ziyech e Boutaib.

Irão: Beiranvand; Rezaeian, Pouraliganji, Montazeri, Mohammadi; Ezzatollahi, Hajsafi, Shojaei; Jahanbakhsh, Taremi e Azmoun.

Leia aqui o lançamento do encontro entre Portugal e Espanha

O histórico dos Mundiais

As notícias, crónicas e imagens do Mundial 2018