E o aparato foi muito mas em termos práticos nada aconteceu. Acompanhados por Ludgero Castro, secretário técnico da equipa, a brigada do SEF dialogou com alguns jogadores: Oldoni, Luís Alberto, Alex Bruno e Juliano. No final, nada de especial detectado em termos de irregularidade e também ninguém do SEF quis tecer alguma declaração sobre a sua presença na Choupana.

Os responsáveis do Nacional através de um comunicado repudiam esta visita e o modo como os clubes de futebol são tratados. «Apesar de nada ter a temer quanto a isso, o Clube Desportivo Nacional repudia veementemente as sucessivas fiscalizações realizadas pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras aos clubes de futebol», pode ler-se.

«Apesar de serem profissionais com contratos de trabalho e que cumprem todas as suas obrigações legais, quer fiscais, quer contributivas, os jogadores são tratados como se fossem o grande problema dos estrangeiros no nosso país, uma situação no mínimo lamentável. Assim, o Nacional irá fazer chegar nos próximos dias uma carta ao Ministério de Administração Interna, dando conta do seu descontentamento por esta situação.»

Tomasevic deve ser titular

O central Toamsevic deve ser o eleito para formar dupla com Halliche no centro da defesa nacionalista para a partida de domingo em Setúbal. O brasileiro Alex Bruno apresentou hoje queixas no adutor esquerdo o que levou a abandonar o treino mais cedo. O defesa vai ser reavaliado amanhã, sendo pouco provável a sua recuperação.

Mas nem tudo são más notícias. O médio Todorovic começou esta tarde a fazer corrida no relvado e algumas brincadeiras com bola. O seu regresso está para breve, tendo uma recuperação mais rápida do que esperado. De fora por lesão continuam Mateus, Pavlovic e Diego Barcellos, enquanto Felipe Lopes vai cumprir um jogo de castigo face ao quinto cartão amarelo.