Baradji

Numa primeira parte que não foi mais do que um enorme bocejo, acabou por ser dos mais determinados e dos que menos erros cometeram. Na retina ficou uma bela recuperação e uma caminhada decidida rumo à baliza, que terminou com uma defesa apertada de Cássio. Depois do intervalo, obrigado a recuar para a lateral-esquerda acabou por perder protagonismo no encontro.

Marinho

Outro foco de inconformismo do lado navalista. Dois remates perigosos na segunda parte e um golo anulado na segunda mostram como esteve sempre perto de fazer a diferença numa partida marcada pelo amorfismo.

Lazaroni

Já se sabia que era um pêndulo em termos tácticos mas neste domingo teve oportunidade de o provar fora da sua posição de raiz. Chegou a fechar à direita, quando Carlitos saiu, mas foi como central que se destacou, mostrando a simplicidade de processos e rapidez de execução que o caracterizam.

Ferreira

O Paços pouco produziu no ataque e acabou por ser este médio brasileiro a protagonizar as acções mais perigosas da equipa de Paulo Sérgio, mormente nos lances de bola parada. Só por aqui se percebe bem o que foi o jogo da equipa da capital do móvel...