Paulo Assunção, médio do At. Madrid, em declarações após o empate a zero no Estádio do Dragão, jogo que marcou o seu regresso ao recinto azul e branco:

«Fizemos uma grande partida e se calhar só não passámos porque o árbitro não assinalou um penalty sobre o Simão. Os assobios? Motivaram-me muito. Não me afectaram nada. Estive três anos no F.C. Porto, fui sempre exemplar e ainda hoje falei com todos os meus antigos colegas. Fui abraçado por todos eles, pois não fiz mal a ninguém.»

Sobre a Selecção Nacional:

«Portugal deu-me tudo. Vamos esperar a decisão de quem manda.»