Paulo Bento, treinador do Sporting, em declarações no final do empate (0-0) no Dragão com o F.C. Porto, fazendo ainda a comparação com a goleada sofrida frente ao Bayern Munique:

«O trauma da goleada com o Bayern Munique nunca será apagado. Vai ficar para sempre. O Sporting no dia 25 de Fevereiro de 2009 foi derrotado pelo Bayern Munique. Está lá, está escrito e vai ficar na história. A resposta que demos hoje foi suficientemente clara para que esse jogo estivesse ultrapassado. A demonstração de carácter dos jogadores foi suficiente para mostrar que o momento de quarta-feira foi ultrapassado.

Estamos envergonhados, desiludidos com o que aconteceu na quarta-feira, mas os meus jogadores não são uma vergonha. São pessoas com carácter e terei todo o prazer em trabalhar com eles até final do meu contrato. Não terei razão em nenhum jogo para deixar de ter orgulho neles.

Espero que o ambiente que a equipa tenha nos próximos dois jogos em Alvalade seja positiva e permita que a equipa jogue bom futebol. Houve momentos nesta época que não me agradaram. Já vi equipas jogar com adversários da II Divisão e ser apoiados e o Sporting ser assobiado em Alvalade em jogos da Liga dos Campeões, com o Basileia, por exemplo. Ontem o Benfica ganhou porque teve o apoio dos adeptos. Espero que o mesmo se passe com o Sporting.»